O retargeting e a arte de concretizar vendas | In Loco Media
+55 81 31270881 hi@inlocomedia.com
Shares

O retargeting é uma ferramenta poderosa para quem deseja otimizar a performance da sua campanha online. Segundo o relatório da Invesp, três em cada quatro consumidores recebem anúncios por meio deste tipo de segmentação. Ainda de acordo com a pesquisa, visitantes de sites que foram “retargeteados” estão 70% mais propensos a serem convertidos em clientes. Por isso que o retargeting é uma das possibilidades mais proveitosas para o marketing digital do seu cliente.

O que é o retargeting?

Compra-01

Com o objetivo de aumentar a quantidade de vendas, o retargeting impacta o mesmo usuário por várias vezes com o mesmo anúncio.

Quais são os principais tipos de retargeting?

Search retargeting

Aqui o objetivo é atingir pessoas que pesquisaram sobre algum termo relacionado a alguma empresa em sites como Google, Yahoo ou Bing. A técnica se mostra uma ferramenta e tanto para atrair novos clientes, já que identifica usuários que têm interesse por algum assunto ou produto ligado ao conteúdo do site do seu cliente e que, provavelmente, não conheciam a marca dele.

Site retargeting

Você já buscou por um determinado produto e depois foi bombardeado por anúncios dele em diferentes sites? A culpa é do site retargeting! Ele funciona assim: o usuário acessa um e-commerce, busca por um determinado produto e, por exemplo, não finaliza a compra. A partir daí, ele será impactado por anúncios do produto que ele buscou em outros websites, o que dará aquela forcinha para que ele conclua a compra.

E-mail retargeting

Sim, é possível fazer retargeting via e-mail! Com ele é possível mandar um e-mail oferecendo desconto para itens abandonados por um usuário no carrinho virtual do seu e-commerce, enviar ofertas que complementem a compra do seu cliente e nutrir um relacionamento com o público de forma personalizada.

Retargeting offline

Esse é uma das aplicações mais efetivas da técnica. Aqui é levado em consideração algum dado offline, como a localização do cliente. Assim é possível produzir anúncios “retargeteados” integrados ao contexto do usuário, o que torna a sua campanha muito mais poderosa.
Além dos tipos de retargeting citados acima, existem outros que são tão efetivos quanto, como o SEO/SEM e Contextual. Mas isso é assunto para outro post!

Ficou com alguma dúvida? Comente abaixo ou mande um e-mail para faleconosco@inlocomedia.com 😉

Curtiu?

Então compartilhe com seus amigos!